Escritório Digital

Seja Digital

 

O Seja Digital nasceu como um projeto de treinamentos para preparar advogados para criarem escritórios 100% digitais, ou transformarem seus escritórios em 100% digital.

Usando metodologias de treinamento e ensino, os advogados são preparados para compreender diversas ferramentas de tecnologia conectadas a uma suíte de produtos fornecida pelo Google que permite desde o uso de domínio próprio, passando por sistemas de email do google, agenda digital compartilhada, drive de arquivamento em nuvem, programas de documentos, planilhas e slides para trabalhos que permitem a atividade individual e compartilhada, bem como diversas outras ferramentas para as quais a produtividade é elevada a máxima potência quando aliadas com os conceitos de gestão de escritórios do "Escritório Enxuto".

 

Os treinamentos passam pelo uso da estrutura de tecnologia para serem integradas com os softwares de gestão de processos, permitindo, inclusive, um melhor uso dessas ferramentas.

 

Naturalmente, o projeto de treinamentos Seja Digital não se presta a ensinar como funciona a plataforma digital, o que os treinamentos da própria plataforma já fazem. A ideia é preparar o advogado para usar a plataforma sozinho, com secretárias, assistentes, estagiários, sócios e associados, de forma que todos respeitem as regras e limites do uso do sistema, bem como o utilizem de forma otimizada e aproveitem todos os recursos do sistema.

 

O Seja Digital não só ensina o uso desse sistema GSuite, como também prepara o advogado para usar em seu escritório, independentemente do tamanho do escritório, e consegue, conforme a necessidade, configurar o sistema para uso imediato da banca. 

O processo começa com a compreensão da necessidade da banca não só no treinamento de gestão e tecnologia, mas no tipo de tecnologia que deve ser feito o treinamento e a implementação, para que o escritório passe pelo processo de se tornar 100% digital.

 

Venha ser Digital Conosco.

 

Manifesto

 

Na última década, de acordo com informações do CNJ, mais de 100 milhões de processos foram digitalizados no Brasil.

Advogados que durante toda uma vida se viram fazendo processos físicos adaptados a tecnologias cotidianas como sistemas Microsoft (Word e Excel) para fazer seus processos e imprimi-los, tiveram que em muito pouco tempo se adaptar a sistemas de Java, certificados digitais, assinaturas eletrônicas, documentos em nuvem e sistemas digitais.

 

Digital era a justiça e digitais deveriam ser os escritórios, mas em algum momento a advocacia se perdeu entre não ser organizada, não ser digital e, em alguns casos, não ser especializada. O advogado, ao sair da faculdade, totalmente despreparado para a atividade jurídica, assoberbado por diversas matérias estudadas de forma teórica que não lhe ajudaram em nada na prática da advocacia, sem muitos recursos econômicos, necessitando se especializar e aprender a advogar, iniciaram a carreira jurídica sem conhecimento de gestão e de

tecnologia, abusando do uso de ferramentos pouco práticas que não cooperam com o uso do tempo de forma racional e criaram escritórios com pouca gestão de tempo, recursos, finanças, carteiras de clientes e insumos.

 

Aos advogados cuja formação se deu antes do processo de digitalização da justiça e de seus processos, é muito comum que os escritórios estejam, ainda hoje, entre algo 100% analógico ou mais analógico do que digital e, em sendo assim, geram enormes prejuízos pela demora da execução de tarefas e na possibilidade de perda de documentos e processos. A falta de conformidade com as novas regras nacionais e internacionais de compliance também preocupam na hora de prestar serviços e reter dados de clientes.

 

Nesse sentido nasceu o Escritório Digital como um meio para preparar advogados que nunca tiveram contato com tecnologia para compreender as melhores práticas e técnicas, que devem ser simples e de fácil uso, para aplicar em seu cotidiano, trazendo organização e tecnologia como aliados da banca. Aos que já usam tecnologia em algumas partes do escritório o projeto permite a construção de uma banca 100% digital e em nuvem, usando um sistema sem papel em todos os momento do processo, desde técnicas mais simples para documentos e seu arquivamento digital até o arquivamento em nuvem com sistemas seguros de backup e integração com a plataforma GSuite (Google) usada como metodologia para o projeto tecnológico do Escritório Digital.

 

Quando comecei a implantar os sistemas em nuvem da plataforma GSuite no meu cotidiano e vida pessoal em 2011 e depois no escritório, adaptando a tecnologia às técnicas de gestão do "Escritório Enxuto" não imaginava que nasceria outro projeto tão incrível e que me dá tanta alegria. Hoje sou 100% digital. Está tudo em nuvem e podemos trabalhar de onde desejarmos, como desejarmos, com toda a segurança e com o mínimo de uso de espaços e recursos materiais.

 

Se você deseja ser digital, 100% digital, esse é o nosso desejo também e será um prazer fazer parte da sua história e da história da transição da advocacia.